quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Tempo de compreensão

Tempo de compreensão


(Anne Lieri)





A fé não pode ser imposta e nem receitada como um remédio. Ela é adquirida ao longo de nossa existência e, mesmo que tenhamos um lar de fé poderemos não desenvolve-la.


Entretanto, há pessoas cuja fé parece ter nascido com elas, basta uma faísca para que cresça e se espalhe. Essas pessoas trazem ao renascer a intuição do que sabiam. São impressões e ensinamentos que ficaram guardados em nosso espírito, de outras existências.



A fé necessita de uma base. Muitos querem crer, mas não conseguem, pois não compreendem o que se deve acreditar. Daí a necessidade da razão, pois a fé cega renuncia ao livre arbítrio. 


Ela é imposta ao homem como uma obrigação, usa muitas vezes o medo para que a pessoa acredite. É como se voltássemos á Idade Média onde se comprava um lugar ao céu com o dízimo e aqueles que pensassem diferente arderiam nas fogueiras da Inquisição.



Esse tipo de fé não cabe nos tempos de hoje. É fundamental que o homem estude, leia, busque e tire suas próprias conclusões de acordo com sua capacidade intelectual e espiritual.



Todos somos espíritos em evolução neste planeta e cada um tem o tempo de compreender, não há como obrigar uma pessoa a acreditar. O certo é que todos nós chegaremos lá um dia, como uma criança que se torna um homem.



É preciso que a fé seja baseada em fatos e na lógica para que não reste nenhuma dúvida. A pessoa acredita porque tem certeza e essa certeza vem da compreensão raciocinada.



Lembremos que o grão semeado fora da época do plantio não germina. Assim também o homem buscará a luz do conhecimento quando pesar nele a escuridão.



Sem a luz da razão a fé se enfraquece.





* Texto baseado em leituras do " Evangelho segundo o espiritismo" de Allan Kardec.

9 comentários:

Paulo Francisco disse...

Um texto muito bonito.
Beijo grande

Crocheteando...momentos! disse...

Um texto sobre o qual vale a pena refletir!!!
Bj

✿ chica disse...

Anne ,essas leituras só nos fazem bem., Belo compartilhar esse! bjs, tudo de bom,chica

Anete disse...


A fé deve ter um alicerce firme e com respostas coerentes... Não forçada, mas livre e com razões consistentes!
Bonito, profundo e reflexivo!

Beijos+abraços!

Bell disse...

A confiança é ato de fé, e esta dispensa raciocínio.
Carlos Drummond de Andrade

Bjokas =)

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Fé e confiança é tudo Anne.
Palavras sábias de Allan Kardec.

bjs amiga
Carmen Lúcia.

pensandoemfamilia disse...

Não se fé e razão andam juntas, mas sem fé a vida tem um sabor amargo.
bjs

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa tarde Querida Anne,
Em primeiro lugar quero muito te agradecer o seu apoio e carinho a mim e ao meu trabalho desde o principio! Muito Obrigada pelo carinho de sua amizade!
Sim, para mim a fé é o dom de Deus! Mas ela precisa ser alimentada todos os dias para que não se perca!
Gostei do que li sobre a fé!
Vamos cultiva-la!
Um carinhoso e muito amigo abraço em seu generoso coração!
Meu carinho sempre lhe desejando tudo de bom!
Maria Alice


Jack Lins disse...

Olá menina.
ótimo texto,veio num momento que precisava.
Sem fé é impossível agradar a Deus, mas as vezes enfraquecemos, e textos como esse nos faz refletir.
Beijos e um ótimo final de semana.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...