quinta-feira, 8 de maio de 2014

Transformação

Transformação

(Anne Lieri)




A lagarta lentamente
Tece a transformação
Seu espírito pressente
A hora da evolução.



Nascem assim as suas asas
Pequenas e delicadas
Aos poucos, deixa a casa
Onde esteve habitada.



As cores bem variadas
Tem muitas tonalidades
Ela é então libertada
E voa pela cidade...



Á princípio inibida
Tece vôos pequeninos
Depois, mais fortalecida
Alcança da igreja, os sinos!



Vai lagarta voadora
De alma livre a voar
Borboleta sonhadora
Altos sonhos conquistar!









12 comentários:

✿ chica disse...

Muito linda, profunda,Anne!Adorei! bjs, lindo dia ,chica

Bell disse...

Tudo se transforma e isso é maravilhoso, pq tudo evolui tb.

bjokas =)

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Essa metamorfose da lagarta é simplesmente divina.
bjs Anne
Carmen Lúcia.

Anete disse...

Gosto de borboletas e das lições que elas nos transmitem...
Linda poesia e a frase no final é bem desafiante...
Bonito post, Anne...

Beijos

Tunin disse...

A metamorfose da lagarta é espetacular porque pode criar asa e voar livre por esse mundo afora.
Abração, Anne!

Ailime disse...

Lindo, Anne! E assim a lagarta se vai libertando do casulo para seguir seus voos! Um beijinho. Ailime

Tais Luso disse...

Essa metamorfose torna-se encantadora, dá uma dimensão do que a natureza é capaz. É perfeita. E linda.

Um beijo, Anne!

aluap disse...

Por todo o simbolismo associado a metamorfose da lagarta é muito procurada para ser usada em tatuagens corporais.

Bom fim de semana. BJ**

Mariazita disse...

Querida Anne
Numa passagem muito rápida venho desejar um muito feliz
DIA DAS MÃES.

Beijinhos

Muito belo esse poema.

VELOSO disse...

Voando por aqui! Dando um oi só para não sair muito sorrateiro! Linda poesia! Felicidade sempre e em tudo!

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Anne uma inspiração bela que faz uma linda analogia, todos nós precisamos destas transformações, beijos Luconi

Beatriz Bragança disse...

Querida Anne
Associo sempre transformações ou metamorfoses para um melhor estádio!
Foi também isso que depreendi da leitura dos eu poema.
O pior são as situações em que seres humanos se transmutam para pior!!!Laços de sangue(amores filiais) rompidos por más influências de terceiros e que afectam algumas mães deste país!
Tenho pensado muito nestes casos!
Infelizmente,não se trata só de um !...
Parabéns pelo seu positivo poema.
Um beijinho
Beatriz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...