quinta-feira, 1 de maio de 2014

Letargia

Letargia

(Anne Lieri)







Talvez seja o vento de maio
Ou o frio que insiste em voltar
Janela entreaberta, abstraio...
Num vôo até teu olhar!



Maio me remete aos ventos,
A belas fadas de outono...
Imagens e sons de outros tempos
Deixo-me ficar nesse sonho...



Não chega a ser saudade
Pois saudade chega a doer
Talvez seja coisa da idade
Aos ventos que vem reviver...



A bela vista da pracinha,
O som doce lá das Minas,
O apito do trem na linha,
Vestido de renda, menina...



É maio que traz ventania,
Sensações de antigos astrais
Fico nessa letargia...
Entre perfumes florais.







20 comentários:

Majoli disse...

Anne, mas que LINDEZA!!
Li e reli, fiquei encantada...sou do mês de maio e sinto essas sensações tão lindamente descrita por você em versos.
AMEI!!

Beijos com carinho.

Majoli disse...

Voltei, esqueci de desejar, Feliz Maio pra você Anne.

Clau disse...

Oi Anne,
Aqui também está uma ventania!
Ventos de maio...
Bonita música e linda poesia!
Bjs.

aluap disse...

Feliz Maio p você também.
Aqui Maio é mês de trovoadas ... e eu que nunca reparei no vento de Maio vou ficar atenta!

Beijinhos**

✿ chica disse...

Estás mais inspirada que nunca,Anne! LINDO!!Adorei! Que MAIO seja assim, lindo e maravilhoso pra todos nós! bjs,chica

Anete disse...

Bonita inspiração, Anne...
Por aqui tá um friozinho gostoso,com vento e de dia céu azul sem nuvens...

Vamos viver o MAIO com muita força...
Bjs e uma boa noite...

Calu B. disse...

Doce brisa soprada nessa letargia poética que brinca aos olhos e refresca o coração.
Maio-mágico-sentir.
Bjkas, Anne.
Calu

Vanessa Palombo disse...

Uma graça de texto...

Que maio traga boas energias a todos nós...

Abçs

Iasmin Cruz disse...

Que lindo, que maio seja belo como teu poema.

www.iasmincruz.com

Pérola disse...

Por aqui maio é sinal de calor, o verão que se aproxima.

Tudo se relativiza.

Beijinhos

Crocheteando...momentos! disse...

Que maio seja bem gratificante para si...independentemente do tempo que faça!!!
Tudo de bom!!!

Tunin disse...

O teu maio me deixou uma sensação de melancolia e alegria,ao mesmo tempo, nas lembranças de um passado.
Mais um magistral poema, Anne!
Abração.

Patricia Galis disse...

Não sei o que é mas de uns tempos pra cá seus escritos estão tocando demais minha alma, chego a ficar emocionada ao te ler.....affff.
Se eu enfartar te mando a conta do hospital rsrsr

Filha do Rei disse...

Anne, viajei neste texto. Maio tem uma certa poesia :)
Obrigada por compartilhar estas lindas poesias.Bjs

Evanir disse...

O caminho está a tua espera, pé na estrada, coloque um sonho na alma,
fé no coração e esperança na mochila,
a vida se enche de novidades para os que se aventuram na
viagem que conduz a verdadeira liberdade.
A realização de um sonho depende de Deus e de nós confiarmos
no Pai Celestial ,
e da nossa luta na esperança da Vitória.
Beijos carinhos um abençoado final de semana.
Evanir.

Amehlia Digital ® disse...

Que linda poesia!
Amei... ainda mais o carinho com Minas, minha saudosa terra.
Obrigada por dividir conosco.
Um bejim e bom final de semana!

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Maio nos traz lembranças, talvez a nostalgia das tardes de outono, não sei, mas fico assim também, querendo ficar quietinha em um cantinho, lindo poema Anne li e reli, beijos Luconi

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Anne
O tempo climático favorece isso mesmo... A poetisa sente na alma...
Odores florais vão amenizando e desejando a Primavera que 'logo' virá...
"-Vovó, pode não adiantar pra ninguém mas pra mim sim"...

Antonio Reis disse...

Muito lindo Anne, estes ventos de Maio e a inspiração maravilhosa nesta poesia.
Ah, que bom ouvir Lô e me sentir nas Minas.
Gostei uai.
Um abração.
Bju

Beatriz Bragança disse...

Querida Anne
Que bela balada ao mês de maio!
No seu poema e na música de Lô!
Obrigada por partilhar.
Um beijinho
Beatriz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...