quarta-feira, 9 de abril de 2014

Vamos entrar no poema

Uma coisa que eu adoro
É brincar de poetar!
Trocar palavras e rimas,
fazer de conta, inventar!



Vamos entrar no poema!
Venha comigo brincar!
Diga se você quer ser:
Flor, estrela ou luar?



Talvez uma andorinha
Com as asas da liberdade!
Ou a brisa bem fresquinha,
Trazendo felicidade!






Um leão ou uma girafa,
Golfinho alegre no mar,
Nuvem que vem e passa,
Menina linda a sonhar!



Um poderoso guerreiro,
Um fantasma para assustar,
Ou um simples mensageiro
Carta de amor a brilhar!



Príncipe em seu cavalo,
Fada, gnomo, duende...
Canção de ninar, embalo!
Uma chama que acende!



Sino que toca suave,
A praça, a matriz, jardim...
Ou uma pequena chave
Do teu coração pra mim!


Essa poesia a querida amiga Ana Bailune postou em
 seu blog ontem e fiquei emocionada com seu carinho!

Veja AQUI.

14 comentários:

✿ chica disse...

Tua poesia, linda e sempre cheia de sentido e inspiração. Poesias boas de ler, falam ao coração! Lindo carinho da Ana! beijos, às duas,chica

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

Bom dia Anne!
Linda poesia e homenagem que recebestes.
Mereces menina.
Sua simplicidade toca o coração e alma.
uma ótima quarta-feira para ti.
abração com carinho

aluap disse...

Olá Anne!
É sempre bom agradável ler os seus poemas. Eu não sei poetar, na escola lembro fazer acrósticos, mas isso já foi há muito tempo...
Deixe-me deixar aqui os meus sentimentos pela partida do seu querido tio que homenageou na outra postagem.
Um forte abraço.

Anete disse...

Novamente Parabéns, Anne, pelo seu tão lindo poetar!

Um abraço e beijo...

Patricia Galis disse...

Um encanto mesmo viajei nos escritos pensando o que queria ser.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Bom dia Anne,linda poesia em homenagem à você.
Realmente embarcamos nesse poetar,com versos à nos encantar.
Adorei.
Bjs
Carmen Lúcia.

Beatriz Bragança disse...

Querida Anne
Muitos parabéns pela poesia e pelo destaque merecido.
Beijinhos
Beatriz

Calu B. disse...

É muita doçura espalhada para ficar num só lugar.Bem fez a Ana levando-a a passear.

Anne, acabei de lhe indicar para participar do "desafio dos poemas", lá no blog, que a Karin Filgueira me indicou.Fique à vontade para aceitar ou não, tá!
Bjkas,
Calu

Clau disse...

Oi Anne :)
Entrei no poema!
É lindo, leve e alegre...
bjs.

Maria Rodrigues disse...

Anne mais um poema encantador.
Beijinhos
Maria

Majoli disse...

Uma lindeza dessa tem mais é que ser espalhada mesmo.
Encanto-me sempre com suas poesias e gosto de ler mais de uma vez.

Parabéns Anne querida.

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Já fui lá e tinha que registrar aqui também, que delicia teu poema, você sim é uma fadinha que com sua doce inspiração nos faz voltar a meninice, brigaduuuuu beijos Luconi

Renata Diniz disse...

Anne! Poesia assim, massageia a alma. Linda! Beijo!

Cristina Cebola disse...

Como não entrar num poema assim, que nos faz voar nas asas da poesia!
Gostei das quadras, muito bem elaboradas e com substância...

Beijinho Anne.
Vou juntar-me aos seus seguidores.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...