segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Desapêgo

Desapêgo

(Anne Lieri)




É bom ás vezes voar
Voar na imaginação
Da terra  desapegar
Sair um pouco do chão...



Fazer algumas trovinhas,
Leves fadas a bailar,
Num céu cheio de estrelinhas,
Ver o planeta a girar!



Desapegar da loucura
Que é viver nessa cidade!
Terminar essa procura
Pela tal felicidade!



Fazer o que é preciso
Com vontade e coração
Muito riso, pouco ciso
Flutuar nessa lição!



Uma ponte de esperança
Construir dentro da gente
Ser meio boba, criança...
Passarinho bem contente!



Pra que tanta seriedade
Se a vida é um presente?
Deus nos deu a liberdade

Agradeço, sorridente!

13 comentários:

✿ chica disse...

Temos que agradecer mesmo! Linda poesia e o tema sempre importante esse!ADOREI!! beijos,linda semana,tudo de bom!chica

Anete disse...

Muito 10 o seu DESAPEGO!

"Ser meio boba, criança...
Passarinho bem contente!"

1000 bjs... Boa semana...

XicoAlmeida disse...

Por vezes é bom voar em liberdade e quebrar o tabú de que o que é perfeito é ter os pés bem assentes no chão.
Afinal as regras foram feitas para serem rompidas.
Abraço e boa semana.

Suzana Martins disse...

Preciso renovar minhas asas.

Belas palavras para começar a semana!!

Abraços

Vall Nunnes disse...

pra viver bem é preciso desapegar, bom dia

Renata Diniz disse...

Anne! Boa idéia! Vou desapegar também!! Beijo e ótima semana!

Patricia Galis disse...

Tem horas que leio o que escreve e fico de queixo caído....lindooooo amei!!!!

Mari Rehermann disse...

Verdade, vamos desapegar e ser feliz, a vida é mesmo um belo e perfeito presente!!

Tenha uma linda semana, Anne querida!!
Beijos!!♥

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Anne
"Muito riso e pouco ciso"...
Muitas vezes, é assim que funciona a coisa... rs...
Bjm de paz e bem

SIMONE PRADO disse...

Oi linda! Que versos suaves que nos alivia do peso que carregamos tão seriamente. É tão simples se vivessemos todos os dias assim, menos adultos, menos trancudos....lindos versos, amei.

aluap disse...

Dei comigo a reflectir sobre desapegar da terra.
Isso tocou-me cá dentro. Acho que preciso desapegar um pouco da minha terra natal, pois desde a altura que me meti nestas áreas da escrita, sem que dê conta, estou sempre agarrada à terra.

Grande abraço.

Iasmin Cruz disse...

Desapego é necessário para uma vida boa.

www.iasmincruz.com

Beatriz Bragança disse...

Querida Anne
«O Desapego» é um grande ideal de vida! Parabéns pelo seu poema!
Concordo consigo,pois o mais importante é SER e não... TER.
Bom fim de semana.
Beijinhos
Beatriz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...