terça-feira, 8 de outubro de 2013

Tempos de inocência

Tempos de inocência

(Anne Lieri)




Não destruam das crianças, os castelos
Nem impeçam os pequenos de voar
Há muito tempo pra enxada e seus rastelos
Não impeçam as crianças de sonhar.



Acreditem em sua terna magia
Nas loucuras de sua imaginação
Acreditem na maluca fantasia
Brincadeiras brotam do seu coração.



Deixem livres os seus tempos de inocência
As esperanças e as suas invenções
Não procurem explicar pela ciência
O que da criança é a mais pura emoção.



Só os sonhos fazem crescer os meninos
Fazem entender o mundo, sua organização
Não tem preço, nem tem hora e os pequeninos
De repente são homens de educação.



Deixem que as inocentes criancinhas
Sejam aves: livres, soltas no jardim!
Dia vem não poderá nas carochinhas
Viajar numa aventura sem ter fim!




Esta é minha participação na BC da Aleska com o tema:  

Inocência

Clique no nome do blog e participe:












8 comentários:

Severa Cabral(escritora) disse...

BOM DIA MINHA QUERIDA !
QUE BOM TE VER DE VOLTA...A SAUDADE JÁ BATIA...
O QUE ESCREVES É IMPERATIVO,SEMPRE UMA OBRA PRIMA...BJS DE BOM DIA !

✿ chica disse...

Lindo recado, mensagem certíssima na tua poesia.

Deixar as crianças viverem esse tempo, suas imaginações, criatividades. Logo, chega o tempo em que o tempo para isso se vai... beijos,tudo de bom,chica

Ritinha disse...

Bom dia!
Esse seu jeito de escrever é tocante, ainda mais quando a mensagem tem destino traçado, as crianças que serão os adultos de amanhã e se bem direcionados, tornam-se pessoas boas, não é mesmo?
Linda poesia e seria tão bom que existissem muitas Annes por aí.
bjs
Ritinha

Bell disse...

Que lindooo!!!

A sociedade anda matando essa inocência, muitos nem acreditam mais em Papai Noel, Coelhinho da Páscoa e essas magias são fundamentais para o imaginário da criança.

bjokas =)

XicoAlmeida disse...

E é tão bom a gente rever-se em cada frase linda que escreve. Claro aquilo que lembramos é mais tocante, mas aquilo que tal não temos memória ainda nos deixa sonhar:
O que fiz e o que sou, como foi até aqui.
De um modo ou outro com certeza que houve sonhos nas asas da liberdade.
Abraço, Anne.

Anete disse...

Anne, o meu abraço nesta sua volta...
Obrigada pelos parabéns...

Os tempos de inocência precisam mesmo ser cativados e estimulados... Você disse tudo de uma maneira amorosa e tocante!

Um beijo

aluap disse...

A fase da inocência passa rápido e não volta mais e o que restará depois são as lembranças. Por tal, era bom que essas lembranças possam ser lembradas como a melhor fase na vida de alguém.
Muito linda a sua mensagem, Anne. Bjo.

Renata Diniz disse...

Anne! A função da poesia é ensinar de forma mansinha! E da criança também! Beijo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...