terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Tempo


Tempo
(Anne Lieri)



Tempo precioso que passa
Enquanto passamos também.
Tão depressa que nem sentimos
De repente a idade vem!


São algumas pequenas rugas,
Cabelos esbranquiçados,
Mas nós nos vemos crianças
Apesar de todo enfado.


No espelho o meu olhar
Talvez tenha menos brilho,
Não irá atrapalhar
Nem será um empecilho.


Ainda há tempo a viver
Coisas novas construir
Ensinar e aprender
Coisas boas hão de vir!


Faço em mim amplo silêncio,
Um tempo pra respirar,
Não existe um só momento
Que não valha a pena amar!






9 comentários:

✿ chica disse...

Linda e grandiosa verdade... O amor faz bem e cabe a qualquer tempo! beijos,chica

LUZ disse...

Oi, Anne!

É isso mesmo.
O tempo só altera, ligeiramente, a imagem física das pessoas, porque o tempo é sábio e nos ensina tanta coisa.

QUE VIVA A VIDA E SUA CONTINUAÇÃO.

Beijo da Luz.

Fernanda Oliveira disse...

Aplausos para minha amiga Anne!
Que lindos versos! Gostei demais! Beijos com carinho de Fernanda Oliveira

Ana disse...

Lindo Anne...

Beijinhos

Ana

Arlete disse...

Oi Anne1 Que lindo!

Tenha uma semana linda.Beijos

Vida & Plenitude disse...

Muito bonito o seu poema! Em todo tempo é tempo de amar, aprender e construir coisas novas!

Um abraço grandão

Ana Miranda disse...

Belíssimo, Anne!!!

Assino embaixo de cada linha lida!!!

Lis Fernandes disse...

Olá, Anne!!

Que lindo poetar... sim sempre vale a pena e sempre há tempo de amar e sermos amados.
É muito aconchegante e cheio de amor o seu espaço.
Venho com prazer.
Beijos e o meu carinho pra ti.

Suelen Muniz disse...

Oi Anne,
Tantas coisas aprendemos com o tempo não é mesmo?!
Crescemos,mudamos,evoluímos,amadurecemos mas o amor nunca deixa de existir em nossas vidas.
Um ótimo domingo,abraço =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...