quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Canção do mar


CANÇÃO DO MAR
(Anne Lieri)





Reinvento do mar a melodia

Ouvindo em conchas essa infinitude...

Meu coração transborda em ondas,

Num ritmo próprio, de plenitude!

O som do mar é quietude

Em meu ouvido bem afinado,

Ouvido de escutar sons da natureza,

Acostumado a certas belezas.

Chega até o peito desnudado,

Enche-se de encantamento...

De repente, percebo:

Sou o mar, as ondas, 

o remanso dessas marés

Nesse silencio de sonhar...




13 comentários:

Cozinha de Mulher disse...

Anne que saudade desse cantinho fofo..
Já andei passeando pelos posts antigos.. me enchendo com esse carinho que coloca enquanto escreve..
Eu conheci o mar, quando tinha uns 04 anos mais ou menos.. e moramos a beira da praia até meus 07 anos, daí viemos embora pra Brasília..
Mas tenho recordações vagas de como era gostoso correr pela areia colhendo conchinhas e ouvindo o barulho das ondas..
Nossa... enquanto lia seu poema voltei no tempo srrs

Um beijo minha linda e um dia mais que lindo..

Sheila

Rosa Branca disse...

que lindo até senti as ondas do mar, rss

bjos

✿ chica disse...

Maravilhosa e profunda,Anne ! Ser o mar!! Lindo demais!1 Adoooooooooro, sabes!! beijos,chica

Vida & Plenitude disse...

Anne, beleza pura! PARABÉNS!
"NUM RITMO PRÓPRIO, DE PLENITUDE!"
Isso é 10!!!

Beijo

Ana Miranda disse...

O encantamento nos leva a viagens de sons e imagens indescritíveis!!!

Somente os poetas dão conta de traduzi-las em palavras...

Élys disse...

Lindo Anne!
Ser o mar, é como ser o infinito...
Muito profundo...
Beijos,
Élys.

Everson Russo disse...

O mar de infinitos mistérios e poesias...beijos amiga e uma bela noite pra ti.

Van disse...

Oi Anne

Este seu poema tem a beleza do mar. Quem está acostumado a certas belezas e tem olhos para vê-las como você tem, só poderia produzir algo tão belo assim.

Muito, muito obrigada por sua participação e incentivo à causa de igualdade racial, trazendo o selo para cá e indicando o assunto aos que interessarem saber mais, ficou lindo aqui!

Um beijo carinhoso e grato!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Muito bom. Eu gosto muito de mar...
A sua poesia é muito boa.Sempre
me seduz.
Um beijinho
Irene Alves

Arlete disse...

Oi Anne! linda poesia . Parabéns!bjos

Beth/Lilás disse...

Anne, você é um grata surpresa que tive aqui pela rede, pois tenho descoberto em ti muita sensibilidade e coisas parecidas comigo.
Em breve pretendo colocar uma de suas poesias lá no meu outro blog Me and You, você já conhece?
beijos cariocas


Deia Klier disse...

Lindíssimo texto, Anne!
Imagina, eu ainda não conheço o mar. Quem sabe um dia...
Mas já ouvi muitas vezes o som na concha e fiquei sonhando com ele, imenso a me saudar!

bjs e lindo fim de semana!

Sônia Silvino (Crazy about Blogs) disse...

Lindo demais, Anne querida!
Beijocas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...