segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Manhãs de silencio


MANHÃS DE SILÊNCIO
(Anne Lieri)



Preciso de mais manhãs de silencio

Esvaziar totalmente a mente

Em busca de um simples refúgio

Um santuário interno... 

Manhãs que venham orvalhadas

Com aroma de café

Pensamentos que firmados

Renovem com força a fé!

Manhãs com cheiro de flor

Com ruas esvaziadas

Sem ninguém pelas calçadas

Com beijo do meu amor

Manhãs de bons sentimentos

Que cure cada ferida

No cintilar desses ventos

Fadas que passam unidas...

Na magia do momento

Que traga a luz, a ternura

Calor, semente fecunda

Pois prá viver nesse mundo

Só se inventarem a cura

Da tristeza mais profunda

Com a proteção e a candura

Do anjo que me embalou!

7 comentários:

D. Garcia disse...

Cada manhã é uma nova esperança, renovam-se desejos e planos; toda manhã vem com o cheiro das flores orvalhadas e o som mais profundo do coração que embala sonhos de amor e de serenidade.
Lindo poema, Anne! Gostei muito.
Abraços e tenha uma excelente semana!
Daniel.
http://dagarpower.blogspot.com

pensandoemfamilia disse...

Bom dia

Gostei muito e vou compartilhar com sua autorização.
bjs

✿ chica disse...

Essas manhãs assim, nos fazem bem.Precisamos realmente!!LINDA! beijos,chica

Ana Miranda disse...

Que lindo, Anne!!!

O silêncio, às vezes, dizem-nos muito mais que algumas palavras, né?!

Beijocas!!!

Everson Russo disse...

Todos precisamos dessa acolhida do refletir,,,do parar pra dar uma refrescada na alma....beijos amiga e uma bela noite pra ti...

Sônia Silvino (Crazy about Blogs) disse...

Às vezes, o silêncio é do que mais precisamos!
Lindo, amiga!
Beijocas!

Severa Cabral(escritora) disse...

bom dia minha amiga linda!!!!
Linda de alma e de espirito!!!!!!!
Só conhecemos o silencio por já termos passado pelo barulho...então o silencio nos dar a oportunidade para vivermos a magia que queremos...
bjsssssssssssssssss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...