quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Boiadeiro



BOIADEIRO
(Anne Lieri)



Vai boiadeiro nessa vida solta!
Leva a boiada por caminhos tortos,
E se existe a moça que aguarda tua volta,
Valerá a pena dias perdidos, mortos...



Boiadeiro que faz seu trabalho
Que junta a boiada, transpira na lida...
Montado em seu cavalo baio
É príncipe encantado, sonhador sem guarida!



E toca a boiada,
E sonha acordado,
Com a mulher amada,
Tocando a toada!



Dedilha a viola,
Nas noites mais frias,
Ao menos consola,
Saudade vazia...



E chega ao destino
Com todo rebanho,
Alegre menino
Ele já tem um plano!



Lá vai boiadeiro
Tira seu chapéu...
Na janela, a moça
No bolso, um anel!

15 comentários:

✿ chica disse...

Lindo,Anne! Adorei! beijos,chica

Mari Rehermann disse...

Que gostoso de se ler estes versos!! Adorei Anne!!

Beijinhos!♥

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia minha linda !!!!
Sei que hoje amanhecestes mais velha do que ontem,rsrsrsrsrsr
Mas com mais experiência confirmada.Os teus escritos se revelam ...
Bjs de dia novo no seu viver,deste novo ano que nasce pra vc ...

João Felipe disse...

Gostei

parabens pelo seu aniversario

beijo

Ana Miranda disse...

Esse poema é tão terno, tão cativante, tão puro...

Gostei.

Beijocas, Anne.

D. Garcia disse...

No bolso um anel e no coração o amor que nunca morre; um amor que reanima esperanças a cada amanhecer; um amor que faz o boiadeiro regressar.
Que seja o trabalho feito, mas que não leve o amor para longe.
Belo poema, Anne! Quanta doçura e que caminhos floridos esses que o boiadeiro pode seguir! Com a moça na janela do coração.
Abraços. Daniel.

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Anne. Enquanto eu lia sua belíssima poesia, ouvia a música que vinha dela.
Parecia que eu estava em um rodeio onde meninas sonham com o peão apaixonado.
Linda demais.
Adoro o seu talento em todos os seus espaços.
No "RECANTO DOS AUTORES", as poesias que escolhes são ótimas, cada um tem um modo de escrever o que sente, e essa pluralidade é muito boa.
Eu "tiro o meu chapéu pra você".
Parabéns, beijos na alma e tenha um lindo dia.

OBS: Gostaria de ler um livro seu!
Beijos e obrigada pelo seu carinho comigo e com o meu espaço!
Acredito ser sincero!

Rosa Branca disse...

Que lindoo

Vida & Plenitude disse...

Anne,
suas poesias/poemas são gostosos de ler! Sempre realistas, alegres e profundos! Gostei de Boiadeiro!!!

Com carinho... Beijos

Valéria disse...

Oi Anne!
Que liiindo!
Um boiadeiro sonhador e apaixonado!
Beijinhos!

LUCONI disse...

Anne ficou muito lindo, tocou o meu coração, lembrei-me do dueto que fiz com um boiadeiro, o amigo Jeremias, vou procurar para postar um dia lá no
Textos, parabéns amei beijos Luconi

Renata Diniz disse...

Anne! Gostei de lembrar, através de tão belas palavras, a profissão pouco falada hoje em dia. Beijos!

Zélia Cunha disse...

Oi Anne
Vim matar a saudade e deliciar-me com os teus escritos. Amigos sempre voltam. Adorei o teu texto: Envelhecer. O tempo deixa as suas marcas, mas nosso espirito permanece jovem. E as vezes deixamos transparecer, apesar dos pesares que a vida nos oferece, aquela criança que existe dentro de nós.Eis aí o mistério da vida!
Beijos, amiga!

Sônia Silvino (Crazy about Blogs) disse...

Adorei!!!!
Minha ídola!!!!!!!!!!!!!!
Beijo!

Paulo Francisco de Araujo disse...

Putz! voltei ao tempo de menino que ficava vidrado nos filmes de caubóis.
Muito bom.

(Ri com o seu comentário no Varanda)
Um beijo grande

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...