segunda-feira, 7 de maio de 2012

Revelar







REVELAR

( Anne Lieri)


Vamos nos revelar em rebeldia
Dessa extrema passividade.
Lutar contra essa apatia
Que envolve a sociedade.
Pegar a felicidade
Não esperar que ela venha!
Fazer do bem a verdade
Do mal, algo que o contenha!
Revelar a simplicidade
A paz de um coração.
Valorizar a amizade
Dividir o nosso pão.
Ser pequeno candeeiro
No meio da escuridão
Libertar do cativeiro
Quem vive na opressão.
Palavra: grito de guerra,
Poesia que adocica
Ser semente, ser mãe terra
Ser aquele que acredita!
Revelar-se em cada instante
Não viver em conformismo
Arte é ferramenta gigante
Transforma o comodismo!





10 comentários:

ELAINE disse...

Anne querida! Parabéns! Maravilhoso iniciar a semana com versos tão estimulantes e inspiradores! Uma semana feliz e cheia de oportunidades! Abraço carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Amara Mourige disse...

Olá Anne, que lindo poema!É sempre muito bom passar por aqui!!!
Uma semana de paz.
Bjss
Amara

✿ chica disse...

Que encanto de poesia,Anne!

Me emociona te ler, sinto teu coração falando! Beijos,chica

Everson Russo disse...

Tudo é válido pela vida pra conseguirmos a felicidade tão sonhada...beijos de boa semana pra ti amiga.

Tunin disse...

A emoção que envolve o teu poetar, faz-nos querer-te mais.
Bravo, Anne!
Abração.

Élys disse...

Uma poesia encantadora.
Uma boa semana.
Beijos

Majoli disse...

Anne, arrasou!!
Tem jeito não, a cada nova poesia eu fico mais apaixonada por te ler.
És uma poetisa maravilhosa!!
E que bom seria se tudo isso fizesse parte de nossa realidade.

Beijos cheios de admiração e carinho.

Valéria disse...

Oi Anne!
Que bonito! Uma ode ao bem, a busca do dar e praticar boas ações. O mundo precisa deste apelo da arte, assim como você está fazendo em sua poesia, para despertar as pessoas.
Beijinhos e uma linda semana!

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Anne!

Palavra é ferramenta que a Anne usa com destreza,
com toda a naturalidade,
como neste bonito poema,
onde prega bonitas verdades.


Beijinhos; boa semana
Vitor

Liz - Como as Cerejas da Minha Janela... disse...

Oi Anne, querida!! Sabe que este poema tem a ver com um filme que eu assisti este fim de semana que me impressionou. Embora eu seja fã do Pink Floyd desde os meus 12 anos, eu nunca havia nem ouvido falar do filme: Pink Floyd - The Wall. Tem tudo a ver com o que voce escreveu. É um filme muito forte, à noite até tive pesadelo, mas todos deveriam assisti-lo. Fala sobre cerceamento da liberdade, opressão, educação e muito mais. E hoje venho aqui e leio este belo poema. Parabéns, querida! forte e profundo...

Um beijo com carinho

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...