terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Paixão antiga







PAIXÃO ANTIGA
( Anne Lieri)



Esta paixão tão antiga,
Do teu olhar de luar,
Já passou a ser cantiga
Antes de se aproximar!



Os passeios na pracinha,
O bilhete escondido,
O leque e a sombrinha,
Um flerte tão divertido!



Na varanda a serenata,
Bela rosa em botão,
A vigilância acirrada
De papai lá no portão!



Até o dia marcado
Para pedir permissão,
Para ser meu namorado,
E pedir a minha mão!




Na sala, ruborizada
Adentrei timidamente...
Estava apaixonada
E me sentia contente!



De joelhos declamastes
Versos de teu coração!
Assim tu me conquistaste
Foi assim nossa união!



Essa é a minha participação na 77 edição poemas do Projeto Bloinques com o tema: á moda antiga.





9 comentários:

ELAINE disse...

Anne querida! Sempre uma presença amiga! Muito obrigada pelo carinho! Adorei os versos... Peguei o tempo de tentar namorar no portão... mas não dava dois minutos e meu pai aparecia e me mandava entrar, rsrsrs, agora serenata não peguei... Mas deve ser lindo! Parabéns! Excelente 3ª! Bjão carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

Arnoldo Pimentel disse...

Um lindo poema de amor.Beijos

✿ chica disse...

Muito lindo esse amor à moda antiga. Dá pra lembrar,né?rsrs beijos,chica

Everson Russo disse...

Paixão antiga que jamais sairá dos versos,,,da mente,,,do coração....beijos querida e um belo dia pra ti.

SONINHA disse...

Oi anne!!
Lindo poema!!Amor à moda antiga!!aff!rs!
Bjokas no coração!

Maria Cristina Gama disse...

Oi Anne! Saudade!

Hummm... Você teve de pesquisar para compor esse poema, hein?

E aí? prefere o amor de antigamente ou ou de hoje, da tua geração?

Beijos
Chris

ELAINE disse...

Anne querida! Acima de tudo, o que está iluminando meu caminho e me fortalecendo, depois da FÉ, é o carinho e o apoio que tenho recebido! Significa muito mesmo, pra mim! Aquece meu coração, afinal, tenho a minha consciência tranquila! Grande e carinhoso abraço! Ótima 4ªF!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

LUCONI disse...

Que delicia minha amiga, esta tua poesia, que lembrou-me de meus tempos, lá em casa era assim todo namorado tinha que falar com papai antes, bem no meu caso foi até o quarto, depois disse papai eles falam com o senhor e aprontam do mesmo jeito, mentem, enganam, então de nada adianta falar,não acha? Bem o quinto não precisou e o sexto bem este eu me casei, como vê viajo em teus versos, você é demais, Luconi

Calu disse...

Anne,
em rimas deliciosas vc , mais uma vez, poetou com maestria uma fase muito gostosa da vida de todas nós, moças de família(srsrsrs), numa época que deixou muitas saudades.
Bjkas querida,
Calu

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...