segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Sem crise





Sem crise!
( Anne Lieri)


A proposta do mês do blog “Fábrica de letras e palavras” é falar sobre a crise.

Há muitos tipos de crise: individuais e coletivas.

Resolvi falar sobre a crise econômica e política mundial.

Quero um ano sem nenhuma crise, embora saiba ser impossível!

A Europa e os EUA estão vivendo suas crises e, logo que isso começou, me lembro do Lula falando que para o Brasil seria “  uma marolinha”.

Concordo com ele no seguinte aspecto: o brasileiro é muito forte, é um povo otimista, cheio de garra !

Vejam o caso dos mineiros que estão sofrendo com as chuvas nesse verão, por exemplo.

Ontem ouvi o depoimento de um homem que havia perdido a casa e ele dizia que agora “ iria recomeçar e reconquistar tudo de novo”.

Esse é o jeitinho do brasileiro...

Essa crise não é uma marolinha, sr. Luiz Inácio, mas o brasileiro a encara assim porque é um povo sem crise, trabalhador, lutador!

É uma pena que diante de problemas estruturais que existem aos montes em nosso país, não se faça uso honesto do dinheiro público.

Se o que pagamos com impostos, voltasse para nosso povo, em benefícios, seria de fato,qualquer crise, uma marolinha para um país tão maravilhoso, de gente boa e com tantos recursos naturais!

Desejo um ano sem crise para todos nós!


Essa é a minha participação na blogagem coletiva da “Fabrica de letras e palavras” de janeiro, com o tema: crise!

13 comentários:

♫*Isa Mar disse...

Oi Anne, uma ótima abordagem sobre o tema, e que esse jeitinho brasileiro de ser continue sempre, pois mais do que nunca precisamos ter a coragem de sempre recomeçar.
Pode sim pegar os poemas lá, vou adorar, obrigada!
Beijos e boa semana!

✿ chica disse...

Muito boa tua participação e pegaste o ponto certo! Ninguém merece tudo isso que vemos aqui e no mundo todo! Todos desejamos e muiiiiiiiiito uma vida sem CRISE de nenhuma espécie.

um beijo,tudo de bom,chica

Ane disse...

Oi Anne!Os comentários voltaram,então estou aqui retribuindo sua visita!
Crise?Vije!(risos)
Sem crise por favor!
Bjos!:-*

Bel Rech disse...

Anne...Todo bom brasileiro sai da crise rapidinho...Mas entra politíco e sai, sempre a mesma coisa a crise é para os "pobres e humildes"no sentido de não buscarem soluções e se permitirem deixar enganar de novo e de novo...Algum rico ou aqueles que abrem a boca e por debaixo dos panos tem crise?Não acredito nisso..
Ótimo texto...participo também pela primeira vez...
Paz e bem

Diogo Didier disse...

Eu preciso copiar essas dicas pq estou numa crise danada kkkkkkkkkk...bjoxxxxx querida!

Moran, andarilho disse...

Anne, as crises são necessárias na medida em que nos permitam evoluir com elas. Saber lidar com a adversidade é parte do processo pelo qual crescemos e nos tornamos melhores e maiores. Assim como tu, torço para um ano com crises brandas e que seja um momento melhor para todos. Bjs, Moran

Tunin disse...

Beleza de participação, Anne! É sempre bom ler as tuas bem centradas posições diantes dos fatos.
Abração.

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Uma perceção realista e muito bem escrita! Bjs

ValeriaC disse...

Muito legal sua participação querida, colocou muito bem seu ponto de vista.
Beijinhos,
Valéria

Sandra disse...

Parabéns pela participação.
Gostei de voltar por aqui. Uma roda de amigos bem legal está aqui. vou sentar contigo.

Assim como vc tbém estou na coletiva sobre a crise.
Vou te esperar para compartilhar. As coletivas vão aproximando pessoas.
http://sandrarandrade7.blogspot.com/2012/01/coletiva-tema-crise.html
Vou te esperar.
Carinhosamente,
Sandra

Sandra disse...

Andei um pouco ausente. Mas vim compartilhar contigo e deixar um abraço super carinhoso e um feliz 2012.
Até mais,
Sandra

Calu disse...

Flecha atirada, certeira no alvo, Anne.
A sublime resiliência de nosso povo deve passar como resignação e muitas das vezes até é mesmo, porém, traz tbém no ímpeto a garra do recomeço na crença de que na vida há sempre esperança.
Se esta essência maravilhosa do povo estivesse alicerçada com um Estado honesto e justo, cumpridor de seus deveres para com a população, seríamos o paraíso na Terra_humana e geograficamente falando.
Parabéns por tua abordagem.
Bjos,
Calu

Paulo disse...

Um mundo sem crises, Já!
Adorei sua participação.
Um beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...