terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Porque menina voadora






PORQUE  MENINA VOADORA
( Anne Lieri)


Sempre fui a “desligada” da família.
Procurava causas para essa maneira de ser,porque me trazia conseqüências desagradáveis.

Perdi a conta do número de vezes de cortes costurados e pernas engessadas!
Não que fosse levada, pelo contrário, não tinha jeito para a bagunça, então quando aprontava alguma, me estatelava!...rsss...

Na escola, vivia no mundo da lua e, não foram poucas as vezes que a professora me chamou a atenção. Não por estar conversando, mas por estar voando... eu era uma astronauta!...rss...

Um dia uma senhora bateu em casa e da janelinha atendi.
Ela levantou o caldeirão, num sinal de que pedia comida.
Eu agradeci como se ela estivesse me oferecendo comida!....depois minha mãe mandou chamá-la quando soube o que eu havia feito.
Fiz isso sem maldade,juro! Estava apenas distraída!

São historinhas engraçadas que pioram na adolescência: como a longa carta que escrevi para uma tia, coloquei no correio e ela recebeu um envelope vazio! Esqueci de colocar a carta dentro!

Passar do ponto de ônibus? Milhões de vezes!
Ser paquerada e nem perceber? O pior é que acontecia...rsss...e perdia a chance de arrumar um namorado!...rsss..

Ou nas minhas aulas de auto escola onde quase entrei com tudo na estátua do Borba Gato, um marco histórico da região sul de Santo Amaro!
Na direção me tornei um perigo constante, dando carona para as colegas corajosas no meu velho fusquinha! Algumas fechavam os olhos!...rsss...mas aprendi!

A concentração só vem nos momentos de leitura ou escrita, de preferência, sozinha.
Ou no cinema quando entro no filme e viajo com os personagens.

Cansada de tantos foras que dei na vida, por conta dessa distração, fiz meu mapa astral uma vez.
A causa foi detectada: você é de escorpião, mas ascendente em Gêmeos, lua em Peixes e um monte de planetas em signos do ar.
Não sei se esta pode ser a causa, mas vem daí a fama de “menina voadora” colocada pelos amigos.

Desde então quando a velha turma se reúne não são poucas as histórias a meu respeito que fazem todos rolarem de rir ao recordar!
Nem ouso contar aqui, porque parece burrice!

Mas fale a verdade: você também não vive esse probleminha ás vezes?
Afinal, quem não gosta de voar de vez em quando?


20 comentários:

LUCONI disse...

Ah menina danada, eu também viajo com o pensamento, às vezes não consigo ficar, só o corpo presente a alma não, sempre foi assim, sonhando sonhos que nunca ninguém descobriu, adorei saber das tuas artes na infância, beijos Luconi

ELAINE disse...

Ah! Amiga! É bom viajar de vez em quando! E como a gente vai longe quando escreve... E é tão bom... Deus te ilumine sempre, p/que a gente sempre possa encontrar as tuas palavras amigas que nos permitem voar nas asas dos versos e reversos...Bjo e abraço carinhosos! Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

Pepi disse...

Querida Anne,
Adorei conhecer a "verdadeira" menina voadora.
Rí muito...
Você nos diverte e nos encanta com este seu jeito meigo de ser.
Beijinhos afetuosos de
Verena e Bichinhos

Joel G Costa disse...

Amiga, dizem que um avoado identifica o outro facinho facinho! :)

Na escola, quando pequeno, nunca prestava atenção diretamente no que a professora falava, com um ouvido eu aprendia e com os olhos ficava de olho no resto, sempre interagindo a mil por hora com tudo e com todos, acabando por atrapalhar outras pessoas sem querer, pois cada um tem seu tempo para o aprendizado e disso eu tenho certeza que a amiga sabe...

Pois é, nós avoados por natureza acabamos sonhando por natureza, mas creio que sei perfeitamente por que isso acontece, enquanto alguém olha para algo e vê somente esse algo nu e cru, nós acabamos vendo mais do que isso, algo além do óbvio e a viagem em nossas mentes começa, dá um start e só quando levamos uma cutucada, voltamos à realidade. Perdi a conta das vezes que sonhei com os olhos abertos, participando de milhões de histórias impossíveis com personagens que jamais interagiam diretamente comigo, mas ao invés de me achar um doido varrido, acabei descobrindo nos livros que isso é extremamente normal, pois é a mente pedindo licença para voar e querendo que você de alguma forma dê vazão a isso, no meu caso dou vazão escrevendo...

Amiga, falei pouco hehe, e para terminar esse meu monólogo deixo o meu seguinte pensamento: "As pessoas são maravilhosas porque são exatamente como são"

Abraços renovados menina voadora!

Francilangela disse...

"Voar... Voar...
Subir... Subir..."

Ivana disse...

Anne
Gostei muito de saber a razão de Menina Voadora, você é muito especial, cada história legal que você contou!
Anne sou muito desatenta, também vivo no mundo da lua, uma característica do pisciano. Um beijo grande, um ótimo dia pra você!

Everson Russo disse...

Uau,,,mas é muito voadora essa menina mesmo, adorei o agradecimento a moça que pedia comida como se oferecesse, e a longa carta que não foi...rs...rs...beijos de bom dia pra ti amiga...

✿ chica disse...

Muito legal esse depoimento e realmente por vezes(muito nas aulas chatas) viajamos, voaaaaaaaaaaaaaaamos!!

beijos,chica

Dora Regina disse...

Adorei conhecer mais um pouco da "Menina voadora", esses voos geralmente faz um efeito bem positivo...Rsrsrs
Grande abraço! Boa semana!

Tunin disse...

Essa menina voadora nos contou a sua verdade.
Eu, também, voava nos pensamentos, mas fitava a professora com o olhar. A cabecinha, porém, na lua(risos)!
Que legal, Anne, a historinha verdade!
Abraços.

Edilene disse...

Que divertido. Ri muito dessas situações. Você sempre encantadora! Beijos!

ELAINE disse...

Amiga querida! É tão bom te receber! Só não entendi sobre os Beatles... Bjãozão no coração! Uma 3ªF iluminada! Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

Amanda Lemos disse...

Olá, vim conhecer seu blog e gostei muito, diga-se de passagem... :)
E te convido para conhecer meu espaço, caso queira dar uma olhada, seguir..;

http://www.bolgdoano.blogspot.com/

Muito Obrigada, desde já.

lucidreira disse...

Pois é sempre bom conhecer as estórias dos nomes dos blogs amigos, fiquei encantado com a sua narrativa, muito legal e criativa.
Abraço

Fernandes Oliveira disse...

Excelente blog recheado de surpresas está lindo e sobre essa menina voadora me vi em algumas situações similares e ri muito ao ler seu relato. Acho que essa é a diversão poder rir de nossos erros e esforaçar para melhorar sempre. Abraços

faça-me um visita www.poetafernandes.blogspot.com

Lolis Almeida disse...

Ah, mais voadora do que eu é meio difícil! Acho que sou essa menina ai que descreveste! Eu ando no mundo da lua, só não perco a cabeça porque está no lugar! Adorei, muito bom o texto!
bjus

Majoli disse...

Sabe que você matou minha curiosidade?
Sempre pensava, será que tem explicação pra essa tal de Menina Voadora, ou é algo inventado assim num repente.
Agora que descobri de onde veio, amei, ri gostoso aqui e te confesso, como é gostoso ser menina voadora e olha que eu ainda voo até os dias de hoje.
Fico até chateada algumas vezes, a pessoa fala, fala e depois eu não sei o que ela falou, e aí, o que responder?
rsrsrs

Adorável ler tudo isso.
Beijos menina voadora.
Te gosto muito.

João Felipe disse...

minha mae me contou ontem, fiquei louco para ler.quando estou assimela fala que estou viajando na maioneze, Beijos

Clara disse...

Oi, Anne...

Adorei saber disso!
Eu tenho meus momentos de voadora, mas é porque me esqueço, acho que por conta da idade, ou dos problemas que tive.... acho que treinei tanto a menta pra esquecer certas coisas que acabo esquecendo tudo....
Dão boas histórias...
Conta aí, menina!!!!
Vai ser divertido e ninguém vai imaginar nada de ruim de vc.... vamos apenas rir juntos!!!!

Beijosssss

marciagrega disse...

Eu vivo sim...e olhe que sou de câncer, signo da água mas regido pela lua... Tenho que tomar muito cuidado pra não viver só no mundo da lua...kkkk Me desligo fácil das coisas aqui da terra...

Beijão voadora!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...