sábado, 28 de janeiro de 2012

Poema de jeans





Poema de jeans
( Anne Lieri)


Quero um poema bem simples,
Recheado de coração!
Sem artifícios, barreiras
Que só causam opressão!

Quero a beleza dos dias
Dos sonhos de uma criança!
Sem ter razão, alegrias
No peito, terna esperança!


Um poema de crepom
Para pequenina flor!
Que reflita no espelho
Dobraduras de amor!


Poema assim...sem malícia!
De jeans e um conga qualquer!
Sem maquiagem, disfarces
Com um brilho de mulher!


Que conte histórias bonitas,
De amores do passado!
Que tenha paixão e raízes
Grande significado!


E nessa simplicidade
Esqueça as dores da vida!
Seja remanso, chegada
E a cura das feridas!

14 comentários:

Paulo Francisco disse...

Poema assim...sem malícia!
De jeans e um conga qualquer!
Sem maquiagem, disfarces
Com um brilho de mulher!


ADOREI!
Um abraço

Amara Mourige disse...

Que delícia de poema!!!!
Amei este verso.

Quero a beleza dos dias
Dos sonhos de uma criança!
Sem ter razão, alegrias
No peito, terna esperança!
Bom demais!!!
Bjsss
Amara

lis disse...

Quero um poema que queime
no coração do amado
assim mesmo como teima
de um amor disfarçado ... rsrs
Anne ,me empolguei rs
que me dera tivese seu talento com as letrinhas.
lindo Jeans!
beijinhos

SONINHA disse...

Depois de ler essas maravilhas, vou dormir, amiga!
Beijocas!!!!
Um excelente fim de semana!

Pedro disse...

Olá Anne, passei para desejar um lindo final de semana!
Adorei o poema!!
Bjsss
Com Carinho Pedro

Arnoldo Pimentel disse...

Um poema lindo.Olha visitar seu espaço é ter certeza de encontrar paz, beleza, poesia e encantamento.Parabéns, beijos.

✿ chica disse...

Só tu mesmo...Lindo,Anne e essa simplicidade é que deixa tudo legal...De jeans e conga,rsrs beijos,chica

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Também quero essa forma de vida simples mas completa para mim! Lindíssimo poema! Bjs e um lindo sábado!

Tunin disse...

O poema é tão original, como a minha primeira calça jeans que ganhei aos 14 anos!
Lindo, Anne!
Abraços.

Everson Russo disse...

Todo poema sempre terá a simplicidade e a leveza de sua essência, será sempre carinho e amor pra alma...beijos de bom sábado.

Marcia disse...

Anne que lindo!!


E nessa simplicidade
Esqueça as dores da vida!
Seja remanso, chegada
E a cura das feridas!

Majoli disse...

Já estou ficando meio repetitiva, mas fazer o que se amo te ler?
Poema de Jeans...ah que encantador!!

Eu quero um amor feito essa estrofe:
"Poema assim...sem malícia!
De jeans e um conga qualquer!
Sem maquiagem, disfarces
Com um brilho de mulher!"

Lindo por demais da conta.
Parabéns!

Beijos Anne querida.

ZilMar disse...

um poema lindo...que fala com simplicidade de coisas sérias...que na essência é simple assim...


meu abraço...


Zil

SOL da Esteva disse...

Anne

Na simplicidade do Poema, podemos dizer que calça ténis.
Mas é a simplicidade que valoriza não apenas os sentimentos, as recordações, as realizações "(...)E a cura das feridas!".
Muito belo e tocante.

Beijos


SOL
http://acordarsonhando.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...