sábado, 14 de janeiro de 2012

Deserto da alma




Deserto da alma
( Anne Lieri)


É quando estamos no deserto de nossa alma perdida
O tempo de recomeçar antes que feche a ferida!

No deserto há chuva, há frio, tempestades de areias...
Há a dor da solidão, sol quente, aranhas e teias!

Não há como prosseguir se não tiver a certeza
De uma presença divina que é nossa fortaleza!

Nesse momento encontramos as chaves da liberdade!
Pois não há teto que caia, se o homem tem a verdade!

E no meio do deserto de um frágil coração,
Podem nascer mil poesias, feito uma flor em botão!


Essa é a minha participação no Projeto Suas palavras, 33ª edição sentimentos com o tema: Recomeçar.

Clique no link e participe!

7 comentários:

Everson Russo disse...

Deserto esse que temos que caminhar sozinhos e vencer sozinhos...conflitos internos...beijos de bom sábado.

Majoli disse...

Belíssima e comovente participação essa sua querida Anne.
É sempre tempo de se recomeçar.

Linda sua poesia.
Beijos de ♥ pra ♥

Tunin disse...

No deserto a gente de lutar para encontrar o oásis. Bela participação, Anne.
Abraços.

Van disse...

Este é o deserto mais fértil que existe.

Bom final de semana, Anne, um beijo carinhoso.

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Sempre lindas as suas participações! Por vezes passamos por esses desertos, as é bom ver uma luz ao fundo que é, sem dúvida a nossa fé! Bjs e bom fim de semana!

JGCosta disse...

Recomeçar é partir do fim buscando um início, num filme às avessas!

Parabéns pela participação! Abraços!

✿ chica disse...

Muito linda tua participação!beijos praianos,ensolarados,chica

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...