segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Fria indiferença





Fria indiferença
( Anne Lieri)


Lá vai o menino a mendigar o pão!
De carro em carro pedindo com o olhar...
Mas o homem endureceu seu coração,
E na indiferença não vê o garoto passar!


Pensamos que são drogas que ele irá comprar!
E se for o caso, não queremos ver!
Não doamos nada para não o viciar!
Assim com a consciência limpa iremos viver!


Mas não é bem assim que acontece o caso!
Comida ou drogas na verdade, não importa!
Pois tudo começa no congresso, no senado...
Políticas perversas que fecham as portas!


E o que tem com isso o pacato cidadão?
Se alguém te pede, é porque precisa!
É uma criança, um ser humano, um irmão
Use a atitude que é mais acertiva!


Não deixe a indiferença ser maior que a compaixão!
Faça a diferença, divida uma palavra, um afeto...
Se o político desonesto não cumpre sua função,
Façamos de nossa mão um abrigo, um teto!


Essa é a minha participação na Fábrica de letras e palavras do mês de dezembro com o tema: indiferença.

Clique no link para participar:


13 comentários:

Cacá - José Cláudio disse...

Oi, Anne, eu sou a favor da teoria de ensinar a pescar em vez de dar o peixe. Mas indiferença e descaso, nunca! Ótimo o poema! Grande abraço e excelente semana. Paz e bem.

Lírio das Almas disse...

Anne, como resgatarmos o calor humano e a fraternidade?
Está difícil, não é?
Encontraremos meios, sem dúvida.
O que não podemos é nos ausentar em estender as mãos, já que a dos políticos estão recolhidas para dentro dos bolsos e das bolsas.
Um fraterno abraço.

✿ chica disse...

Simplesmente maravilhosa e foste fundo,Anne! Linda participação e essa tal indiferença machuca. dói...beijos,chica

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia minha linda e querida amiga!
Estou em falta com vc,mas é o tempo ficando cada dia mais apertadinho,vc sabe como é final de ano para quem trabalha com moda...mas o meu sorriso não pode fracassar,kkkkkkkkk,mesmo cansada tenho que vim dar meu abraço de gratidão por ter te conhecido.vc é linda de viver e de amar...e eu aprendi a te amar,kkkkkkkkkkk.
Seu poetar me tira do eixo e me deixa a imaginar o seu talento,que é muito grande.Que Deus continue a te iluminar...
Quanto a entrevista,vou ver se hj dar para sair,kkkkkkkkk,
bjssssssssssssssssss

♫*Isa Mar disse...

Bom dia Anne, é certo que tem muita coisa errada nesse mundo, mas se fizermos nossa parte já estaremos ajudando.
Doar é um ato de amor, não importa o destino que seja dado a nossa doação, o que importa é a nossa intenção e o que emanamos de nós para o mundo.
Beijos e uma ótima semana amiga!

Everson Russo disse...

Essa indiferença dilacera o futuro desse menino...beijos de boa semana pra ti amiga...

Tunin disse...

A indiferença é o mal que graça a contemporaneidade. Escreveste bem! Abração.

Vera Lúcia disse...

Olá Anne,
Bela participação!
Em versos, você mostrou a dura realidade.
Temos, sim, que fazer a nossa parte, já que os governantes não cumprem com a deles. O que não nos pode faltar é sensibilidade e bom senso no momento de ajudar. Temos várias formas de ajudar sem alimentar vícios.
Jamais poderemos nos deixar dominar pela frieza da indiferença.
Beijos.

Edilene disse...

Ser indiferente a algo que está todos os dias na nossa frente é inadimissível, machuca. Pior é saber que há tantas vítimas dessa indiferença sofrendo enquanto uma minoria se farta do dinheiro alheio! Que o Natal que se aproxima traga mais consciência a essa minoria e conforto ao demais que sofrem desta Fria Indifereça. Beijos e boa semana!

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Nada pior que a indiferença humana face ao sofrimento, sobretudo o das crianças! Bjs e uma linda semana!

Valéria disse...

Oi Anne!
Adorei sua participação!
Precisamos aprender a ver com o coração. A indiferença destrói, fecha todas as portas do que de humano temos.
Beijinhos e uma linda semana!

SONINHA disse...

A gente acaba, infelizmente, se acostumando com essas cenas no dia-a-dia, mas não devíamos, não!
Beijos!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Anne
Hoje estive em Niterói (Cidade grande longe de onde moro) e vi tanta indiferença... claro que sei como é... já andei por muitas capitais... o cenário é igual... não muda... parece que locais grandes são do mesmo Estado de tantos e tantos dos brasileiros... Uma lástima!!! Traz tristeza... e repenso a vida... serve de conscientização dos verdadeiros valores...
Bjm de paz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...