segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Bebida fatal





Bebida fatal
( Anne Lieri)



Bateu com força nas teclas da velha máquina de escrever.
Seus amigos o chamavam de ultrapassado!
Ele era , na verdade, um resistente, quase um herói que resistia ás modernidades do tempo!
Gostava de sua máquina, de sentir os dedos batendo nos teclados, aquele som das batidas que soava como um acalanto.
Os dedos quase não acompanhavam seus pensamentos.
A história vinha em sua mente como se ditada fosse.
Algo sobrenatural, psicografado...
Mas não! Eram deles as palavras e cada idéia que escorria ali pelos seus dedos.
Não havia mais tempo e havia muito a escrever.
Não dissera tudo que queria.
E era prisioneiro da areia que escorregava da ampulheta!
Se pudesse, seria eterno para escrever sobre todas as coisas do mundo!
Sentiu sede.
Pegou uma bebida e sorveu o líquido refrescante.
Foi fatal!
Lembrou que era humano, simplesmente.



Essa é a minha participação na 25ª edição começo e fim do Projeto Creativite : começar com B e terminar com e.
Clique no link para saber mais:

9 comentários:

♫*Isa Mar disse...

Muito bom Anne, lembro dos velhos tempos em que usei tanto essas máquinas de escrever
Beijos e linda semana!

Sônia Amorim disse...

Linda participação, beijos e bom dia

Valéria disse...

Oi Anne!
Temos sede, sede de saber e de dizer o que vai em nossa alma, mas o tempo é curto mesmo, ele escorre entre os dedos...
Lindo conto!
Beijinhos!

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Anne!

Metáfora disfarçada no meio do poema...
Sentimos que o tempo nunca chega; nem para nós, nem por vezes para dar aos outros - e então temos pena...

Bonito!

Beijinhos, boa semana.
Vitor

marciagrega disse...

Lindo texto querida!

Mas hoje eu vim te trazer um convite:

Hoje é dia de festa e você é convidado: http://marciagrega.blogspot.com/2011/10/hoje-e-dia-de-festa-aqui-no-blog.html

ValeriaC disse...

Muito legal sua participação Anne...me fez lembrar que muito usei estas máquinas...que bom que agora temos computador rssrs...
Beijinhos e ótima semana...
Valéria

Luzia Medeiros disse...

Velhas máquinas de escrever, mostram como o mundo vai se modificando, mas o desejo de escrever ainda corre na alma de quem sempre amou a escrita, beijos.

Ale Quejinho disse...

Que bacana! Gostei muito.
Ale

Anônimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ prix viagra
http://commanderviagragenerique.net/ viagra generique
http://viagracomprargenericoespana.net/ comprar viagra
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ viagra acquisto

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...