terça-feira, 13 de setembro de 2011

Máscaras




MÁSCARAS
( Anne Lieri)


Máscaras que escondem a verdade
Que a mentira enfeita!
Tiram do ser liberdade,
E a falsidade é aceita!


Nesse mundo virtual
Uma caixa de Pandora!
Fantoches de um ser irreal
Que habita em nós agora!


Somos bonecos de pano
Personagens que inventamos!
Um ser totalmente estranho
Um engodo que criamos!


Se não ficarmos cientes
Perigosa brincadeira!
Podemos ficar doentes,
E acreditar nessa asneira!


Tirar toda maquiagem
Mostrar a cara lavada,
Por trás de bela plumagem,
Existe a ambigüidade!


Sejamos o mais possível
Pessoas com autenticidade
Mostrar nosso ser incrível
Com toda sinceridade!

Essa é a minha participação na postagem coletiva do Fábrica de letras com o tema: fingimento.

Clique no link para participar:


16 comentários:

Vivian disse...

Bom dia,Anne!!!

Linda poesia!!Muito bem inspirada!!!
Não gosto de máscaras!!Prefiro a verdade de ser.
Até porque um dia a máscara cai!!
Beijos pra ti querida!!!
**Minha filha, sismou que quer usar óculos cor de rosa...igual da menina voadora!!rsrsrs

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Um belo poema, com uma excelente mensagem e numa rima muito agradável à leitura! Bjs

♫*Isa Mar disse...

Muito bom, ser autêntico é sempre o melhor caminho.
Beijossss

Mari disse...

Oi Anne, bom dia. A internet é um verdadeiro convite ao uso das mascaras.É preciso sim,ser o mais autentico possivel. Valorizando a maturidade e a sinceridade. Encaixe total sua poesia. Bjs pra vc, querida.

Ale Quejinho disse...

Minha primeira vez por aqui. Gostei muito do que vi!
Ale

✿ chica disse...

Parabéns,Anne!Ficou maravilhosa tua participação. Perfeita.Falaste tudo! beijos,chica

Severa Cabral(escritora) disse...

bela poesia ...lindo seu poetar...amei...bjssssssssssss

Pepi disse...

Querida Anne,
Não gosto de "máscaras" nem no mundo virtual e nem no mundo real.
Bela poesia, como sempre
Beijinhos de
Verena e Bichinhos

LUCONI disse...

Anne que beleza de mensagem tua poesia contem, sim querida a sinceridade acima de tudo, é neste mundinho virtual que eu exponho mais a minha alma, tenho encontrado pérolas como você que até mesmo no mais simples poema consegue ler minha alma,saber de mim mais do que as pessoas que comigo convivem, agradeço ao Pai por isto, mas consigo sentir quando alguém está com hipocrisia, pois a falsidade não se mantem, é máscara de gesso que com o tempo se desmancha, beijos Luconi

Valéria disse...

Oi Anne!
A verdade em versos!
Bela participação, afinal construir amizades requer franqueza e transparência.
Beijos!

Graça Pereira disse...

Minha Querida

É bonita a verdade
Enfeita e fica bem!
Tem luz e suavidade
e muito amor tambem.

Dos teus versos, eu gosto
porque falam em simplicidade,
nos valores em que aposto
para atingirmos a felicidade!

Obrigada por este convite à verdade.
Beijocas
Graça

claudete disse...

bela poesia Anne, a abordagem do fingir foi corajosa e verdadeira, mas creio na capacidade do ser humano de sempre ser o que é..mesmo quando usa máscara. Parabéns!

Sandra Botelho disse...

Temos que ter cuidado mesmo, no mundo virtual, tudo é possivel, tanto por bem, como pro mal.
Lindo post amiga, bem conscientizador.
Bjos achocolatados

Everson Russo disse...

Por mais que se usem mascaras uma hora elas caem e a verdade vem a tona,,,por isso,,é sempre bom estar de cara limpa sempre...sem maquiagem....beijos de bom dia pra ti amiga.

Eustáquio Pereira disse...

Ficou ótimo!

Lourdinha Vilela disse...

Perfeito! De nada vai adiantar máscaras se quando estivermos a sós com nós mesmos, a nossa imagem limpa nos fizer chorar.
Muito linda a sua poesia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...