quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Deixe livre





DEIXE LIVRE
( Anne Lieri)

Desapego é aquilo que não pego, que não sufoco, que não seguro!
É estar liberto de objetos e pessoas.
Estar aberto a trilhar outros caminhos que nos afeiçoem!
Desapegar-se pressupõem desprendimento.
Não há como ser ciumento, querer o alento só pra si...
É saber dividir o pão, a casa, o amigo...
É também deixar as portas sempre abertas para o seu amor.
Podemos pensar que essa atitude não é de quem ama!
Pode parecer pouco caso...
Pode parecer que não nos importamos!
Mas eu vejo diferente: vejo como sinal de amor e confiança.
Amor porque se amo, não aprisiono, não possuo...
Já viram o canto do passarinho engaiolado?
Não é mais triste, do que aquele que canta livre na sua janela?
E ele vem na sua janela....
E você não implora pra ele vir!
Ele vem porque quer!
Assim, é o desapego no amor.
Deixar as portas abertas para que ele vá quando quiser, quando sentir que seu canto está triste!
Desapegar-se é desejar sobretudo que o outro seja feliz!
Como na música dos Doces Bárbaros: “o seu amor, ame-o e deixe-o livre para amar.”
É difícil ?
Muito.
Somos humanos e gostamos de ter as “nossas” coisas, os “ nossos” filhos, os “nossos” maridos e esposas.
Mas se pensarmos bem, nada disso é nosso!
É emprestado por um tempo enquanto estamos por aqui, nesse planeta.
Então, a tudo que possamos nos desapegar, vamos tentar!
Deixe livre!
A vida ficará bem mais leve, com certeza!




Essa é a minha participação na 24ª edição sentimento do Projeto “Suas Palavras” com o tema: desapego.
Clique no link para participar!

12 comentários:

Tempestade disse...

Vim aqui respirar essas coisas lindas que você escreve, encher meus pulmões de inspiração.
Difícil esse tal desapego...Mas dependendo do que queremos largar, é preciso ser persistente.


super beijo

Nina

✿ chica disse...

LINDA,Anne! Sempre assim!Desapegar-se é preciso!


Hoje desapeguei-me do cuidando nosso canteiro interior .Excluí, pois no momento seria hipócrita estar lá passando aquelas mensagens que não combinam com o meu momento.
E foi num clic. Sem arrependimentos! beijos,chica

Everson Russo disse...

Desapegar é preciso, é necessário dar o espaço pra poder voar,,,e voltar sempre ao ninho...beijos de bom dia pra ti .

Amapola disse...

Bom dia, querida amiga Anne.

Nossa... Parabéns!!
É o que a gente sente, e você se expressou pra nós. Obrigada.

Beijos.

ValeriaC disse...

Que palavras mais lucidas minha querida...adorei...
Desapego é uma das grandes lições que a vida nos coloca para exercitarmos...
Apego é ilusão... apego não segura, nem garante nada...
O verdadeiro amor, o verdadeiro doar-se, o compartilhar combina com libertar...
Boa tarde amiga...beijos...
Valéria

Milla Pereira disse...

Nada, nem ninguém é de ninguém, Anne. Adorei sua participação, parabéns! Beijão, Milla

LILIANE disse...

Anne.
este desapego muitas vezes fica dificil porque culturalmente fomos criados para reter as coisas, é meu.

mas você tem toda a razão.
Devemos ser livres e deixar as pessoas livres também.
beijos

Vivian disse...

Anne!

Belíssima participação!!O desapego tão difícil de aprender...principalmente com os filhos...estou treinando desde que nasceram, para deixar voar...não quero ser aquela mãe que aprisiona...E sigo treinando!!rsrs
Lindo demais!!
**Minha amiga, desculpe não passar por aqui mais vezes,acabo indo mais no menina voadora...mas me de uns toques...rsrsr Senão me perco na correria...rsrs
Beijos!!

Calu disse...

Anne, menina-voadora, ao deixarmos as portas aberrtas sempre saberemos daqueles que ficam por querem e dos que se vão tbém pelo mesmo motivo. Sou praticante do desapego e enfrentei algumas relutâncias interiores, mas agora já o abraço inteiramente confiante, pois como os Doces Bárbaros, tbém amo e deixo ir...voltam quando querem e se quiserem.
Muito especial esta tua participação.
Bjos,
Calu

Sandra Botelho disse...

Texto perfeito.
pra mim serviu como uma luva.
Bjos achocoaltados

Sandra Puff disse...

Olá,
Lindíssimo!
O Poema é uma reflexão diária que temos que fazer e nos experimentarmos a isso.
O desapego é o meio mais fascinante que conheço de amar, mas é difícil...como é difícil...só não é impossível.
Abraços e flores.

Sapatinhos da Dorothy

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Anne querida,

O apego é um dos grandes males da humanidade.
Não estou me excluindo não....rsrsrsr.....mas procuro nas minhas atitudes ser mais livre.
Inclusive com meus filhos, converso muito a respeito da independencia deles.....mas como casa de ferreiro o espeto é de pau, parece incrível, mas são super apegados comigo e meu marido.
Mas devagar vamos aprendendo as preciosas lições que a vida quer nos passar.

Um lindo e abençoado Domingo para você e sua família, beijos em seu coração!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...