quarta-feira, 15 de junho de 2011

Anos rebeldes




ANOS REBELDES
( Anne Lieri)


Minha juventude foi marcada
Por poesias e inspirações!
Mas também pela Pátria amada,
Ditaduras e corrupções!


Lembro de antigas canções
Que na época revelaram
Um mundo desigual, de opressões
E muitas consciências formaram!


Eu era meio hippie e sonhava...
Trabalhava como professora.
Em todas as greves participava,
Pouco havia da menina voadora!


Pensava poder mudar o mundo,
Com acesso a cidadania!
Lutava pelo direito de educar,
Essa era minha maior rebeldia!


Também tive alguns namorados
E sofri inevitáveis decepções...
Eram frios, intelectualizados
Não vinham com manual de instruções!

Mas o tempo traz conforto!
E no vento, carona peguei!
Meu destino que era meio torto...
Fiz outra rota e mudei!


Essa é minha participação na blogagem coletiva do blog “Espiritual- idade” com o tema: juventude.
Clique para participar:

13 comentários:

✿ chica disse...

Maravilha,Anne! Que bom que mudaste a rota pra melhor...beijos,linda tua participação! chica

orvalho do ceu disse...

Olá, querida Anne
Bem maduro o seu post... fruto mesmo de uma geração "rebelde"... eu tive ânsias em participar dela mas não tive coragem... porque era "maior de idade" (status em nossa época) e independente financeiramente...
O medo me deixou à revelia do que os jovens vivenciavam mas ele foi o meu escudo, certamente, por outro lado... não teria estrutura para enfrentar tanta novidade... tanta modificação na formação que tive...
A sua imagem ilustrativa do seu post é bem condizente com a "nossa" época... Legal!!!

"O verde só vinga com o Orvalho de Hermon, nas Montanhas do Sião".

Que o seu dia a dia seja amortecido pela força da juventude que habita em vc!!!
Bjs juvenis e de paz

Graça Pereira disse...

De uma Poetisa, o que se poderia esperar, senão uma participação em verso? Minha vida é parecida com a tua ( os dourados anos sessenta).
Poderia assinar por baixo!
Parabens e um beijo amigo.
Graça

No zambeziana há um concurso no qual gostaria que participasses...Dá um pulinho até lá!

soninha disse...

Muito lindo,Anne.Que bom que você soube "mudar" a rota e não embarcou na rota errada.Deus continue te iluminando.bjinhos

AnaCristina disse...

oi, anne, um resfriadinho chato me tirou do trabalho hoje a tarde, entao vou aproveitar para visitar e comentar as coletivas! Depois da uma passadinha la na minha participacao! Bjo

Gina disse...

Anne,
Gostei do final que deu ao seu post!
Cada um escreve o seu destino.
Como ser feliz sem tentar, mudar, experimentar?
Bjs.

Esplendor da Criação disse...

Oi querida Anne.
Que talento o seu, escrevendo uma poesia assim tão linda, contando partes da vida. De vez enquanto faz bem pegar carona no vento!!! Bjs.

Bel Rech disse...

E como somos sonhadoras na juventude, mas faz parte, pois sonhamos até hoje...
paz e bem

Maria Luiza disse...

Era tão bom sonhar com tudo melhor. era tão bom ver as verdades emrgindo dos abismos castradores! Amei seu post!Bjbjbj!!!

Everson Russo disse...

E se analisarmos bem,,,a pátria amada continua mais ou menos na mesma, nós é que temos que acreditar e mudar,,,nem que seja na utopia da poesia...grande beijo de bom dia.

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Anne querida,

Que jovem cheia de ideais!!!
Nesta Fase nos entregamos por inteiro diante da vida, nada nos detém.
Entre alegrias e tristezas vamos enfrentando tudo, para nos fortalecermos mais adiante.

Parabéns querida, ficou Lindíssima sua participação com este Poema que disse TUDO!

Um grande beijo em seu coração!!!

RUTE disse...

Ah ah ah Tá demais seu cordel :)
E parace que nós as duas combinamos (falar do manual de instruções!).

E apoio todas essas reivindicações!
Flower Power forever.
Beijo duma hippie para outra.
Rute

Denise disse...

Muito legal esse poema, realmente retrata bem a juventude. Interessante a participação na política e a iniciação no "mundo adulto". Muita paz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...