sexta-feira, 20 de maio de 2011

Contos da carochinha




CONTOS DA CAROCHINHA
 ( Anne Lieri)

Esta é minha participação na blogagem coletiva do projeto “Atrás do pensamento” ,1ª edição contos da carochinha.
Deve ter esse trecho do livro “Felicidade Clandestina” de Clarice Lispector: “ O onibus parou,todos estavam com sede mas ele conseguiu ser o primeiro a chegar ao chafariz de pedra,antes de todos.”



No ponto de ônibus Billy, um cãozinho perdido viu aquela velhinha.
Ela sorriu para ele e ele sorriu de volta.
Ela o colocou em sua cesta,cobriu-o com uma velha blusa e entrou no ônibus que chegava.
Ninguém o viu e parece que nem notaram a velhinha também.
Ela parecia invisível ou as pessoas não enxergam mais a velhice.
Billy tinha fome e sede.
O calor estava insuportável!
A boa senhora dividiu com ele um naco de pão velho.
Sempre com aquele sorriso que só ele via.
Pela primeira vez em muitos dias,alguém o via também!
A viagem não foi longa, mas a sede de Billy aumentou!
“ O ônibus parou,todos estavam com sede mas ele conseguiu ser o primeiro a chegar ao chafariz de pedra,antes de todos”.
A velhinha o observou e sentando-se cansada num canto,ela morreu.
Ninguém notou.
Billy começou a latir e só então as pessoas perceberam o que se passava.
A boa velhinha havia partido com aquela felicidade nos lábios.
Dias depois descobriram que aquela indigente tinha parentesco com a nobreza do imperador português.
Billy foi adotado pelos antigos monarcas e hoje vive como um herói na mansão da família,por ter encontrado aquela senhora que,enlouquecida de amor há muitos anos,desaparecera...
As honrarias que não teve em vida,recebeu após sua morte com um monumento em sua homenagem.
Nele se estampava aquela felicidade de quem conheceu o amor.





6 comentários:

LUCONI disse...

Pronto depois de me deliciar com o curumim vim para cá e as lágrimas rolam, acho que estou ficando velha, que lindo e triste, as vezes as coisas se ajeitam tarde demais, parabéns querida mais uma obra sua que engradece a nossa arte, beijos Luconi

✿ chica disse...

Ficou muito legal essa tua participação,Anne.Mais essa!!

Tua inpiração é legal e funciona mesmo!

beijos,tudo de bom,boa sorte,chica

JGCosta disse...

Belo amiga, belo, belo, belo, infinitamente belo essa tua visão, esse teu arranjo, está de parabéns!

Abraços e recomendo essa tua participação!

Gilson Faustino Maia disse...

Pouco importa o sofrimento, o importante é morrer com um sorriso nos lábios. Abraços.

Luísa disse...

Ternurenta história...que nos convida a sermos a iguais na atitude!Vale a pena, não é?
Beijinho terno

Gildo Oliveira disse...

Uma bela história de amor e vida. Quando o racional e o irracional se fundem, mesmo que por breves instantes a natureza agradece em flor. Parabens emocionante.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...