terça-feira, 19 de abril de 2011

Inquietude




INQUIETUDE
( Anne Lieri)


Hoje há em mim esta inquietude...
Juvenil desejo de transformação!
Mudar o mundo,fazer canção...
Fazer poesia em  plenitude!


Há um desassossego quase rude
Que me joga do cais á navegação...
Em busca de aventura,de ação,
Ver novas paisagens em amplitude!


Surge o poema em serenidade
As palavras chegam,sem desgrudar
Desse frenesi que me invade
E alça-me ao vento a voar!


Inquietude que domina minha alma,
Torna um alento esse caminhar!
Quisera apenas um olhar de calma,
Fazer um verso com o teu sonhar!



6 comentários:

✿ chica disse...

Se todas as inquietudes fossem lindas assim... Ficou maravilhoso! beijos,tudo de bom,chica

★Cigana do Oriente disse...

Que lindo Anne, minhas inquietudes são mais inquietas rsss
Beijossss

Nuvembranca disse...

Doces versos de amor. Ah, não fossem estas inquietudes, a vida seria um marasmo! Parabéns amiga, desculpa a minha ausência eu estou sem net. Beijos.

Sônia Silvino disse...

Uma inquietude apaixonante!
Beijos, amada!

Everson Russo disse...

Que essa inquietude nunca acabe,,,nunca falte em sonhos de amor,,,de desejos de mudar o mundo....e plantar a mais bela flor....

grande beijo de bom dia.

Maria disse...

Que lindo! mais um blog obra-de-arte!
Não sei fazer poesia, só sei escrever prosa, só me resta admirar os poetas.
Feliz Páscoa.
bjsssssssssss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...