quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Ciranda do amor




CIRANDA DO AMOR
( Anne Lieri)



Como vidro se quebrou
O nosso tão grande amor
Tudo o que um dia sonhou
Virou um triste amargor!


A paixão cheia de ardor
Daquele que mais sonhou
Como vidro se quebrou
O nosso tão grande amor!


A ciranda não girou,
Num silêncio assustador!
Uma estrela se apagou,
Não cantou o trovador!

Como vidro se quebrou...



4 comentários:

nacasadorau disse...

Amiga Anne!

Obrigada pela visita!

O amor nem sempre é doce.

Para chegares até mim, uma vez que lá não há seguidores, clica na minha foto de seguidora ou em cada comentário, no link em cima.

Beijão

Chica disse...

Lindos e tristes versos...Inspiração maravilhosa!beijos,chica

Pérola disse...

Oi amada.
Muito triste mas ao mesmo tempo encantador.
Quantos corações partidos, aja tempo para junta-los e recomeçar.
Beijos minha flor.

JGCosta disse...

O amor deveria ser para sempre amiga!

Grande abraço renovado!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...